Rodovias: Um desafio à fauna silvestre

Por Felipe Feliciani – Biólogo, MBA em Desenvolvimento Sustentável, Coordenador Técnico do Núcleo Caetê, Co-fundador da Mboé-Conscientização Ambiental

As rodovias, artérias de uma sociedade em desenvolvimento, canais de escoamento de pessoas e produtos, trilhos de uma era de asfalto e velocidade! Não vou questionar, nesse artigo, os prós e contras da adoção dessa forma de transporte em nosso país, o que me incomoda é mais denso, mais sombrio, mais triste e muito mais emergencial.

É nesse contexto que minha preocupação toma corpo. O resultado da equação que envolve, rodovias, alta velocidade, fragmentos florestais e animais silvestres, é extremamente inquietante! 

O processo de duplicação e recapeamento que ocorreu em diversas rodovias da nossa região, as quais cruzam importantes áreas verdes, resultou em um aumento notável da velocidade dos veículos que por ali trafegam, o que aumenta em muito a possibilidade de atropelamentos. Infelizmente, nas últimas semanas, observei alguns animais vitimados, fato esse que me motivou a juntar algumas informações e percepções, a fim de reavivar essa discussão acerca desse tema.